Em época em que voltamos a encontrar exemplos das “carteiradas” de pessoas que se acham importantes e intocáveis, decidimos trazer esse texto, para que sirva de alerta e principalmente de fonte para o autoconhecimento ou autoanálise, pois entendermos ser o primeiro passo para uma mudança substancial.

O QUE É O NARCISISMO?

Narcisismo, no dicionário, significa amor pela própria imagem. O termo foi inspirado no mito de Narciso e, no século XIX, adotado pela psiquiatria. Posteriormente, o narcisismo se tornou um termo da psicanálise, utilizado para descrever o transtorno de personalidade narcisista.

O Mito grego, diz que Narciso, assim que se debruça em um espelho d’água, fica surpreso com o que vê: a própria imagem. “Que lindo! Que perfeito!”, pensa ele. E, desde então, ficou paralisado: não comia, não bebia, estava apaixonado por si mesmo. Depois disso, Narciso nunca mais foi visto e os deuses o transformaram em uma bela flor amarela e branca.

Narcisismo não é uma pessoa ou uma coisa é um traço de personalidade, portanto as pessoas são mais ou menos narcisista. O Narcisismos pode ser um distúrbio clínico, mas também é estudado como processos subclínicos, que são muito mais comuns.

Abaixo apresentamos várias características que identificam o narcisismo e só quando estão todos presentes é que o indivíduo apresenta o estado clínico.

  1. Sensação exagerada e infundada da sua própria importância e talentos.
  2. Preocupação com Fantasia de realizações ilimitadas, influência, poder, inteligência, beleza ou amor perfeito.
  3. Acredita que é especial e única, por isso ninguém merece estar ao seu lado. Ou se tiver alguém que seja superior como ele.
  4. Necessidade de ser incondicionalmente admirado por terceiros.
  5. Sensação distorcida de que ela tem direitos especiais.
  6. Tende a explorar outras pessoas.
  7. Falta de empatia.
  8. Frequentemente invejosa ou acredita que os outros são invejosos das coisas deles.
  9. Arrogância.
  10. Oscila sobre dois aspectos da personalidade: Uma se sente com grandiosidade extrema, em seguida, é vulnerável a críticas, onde se ofende profundamente e age negativamente.

Os tipos Subclínicos são os apresentado abaixo:

Narcisismo de grandiosidade. Envolve o senso de grandiosidade, com necessidade de crítica positiva. Ego hiper inflado. São pessoas extrovertidas. Não há o abalo da crítica negativa.

Narcisismo vulnerável. Possui as mesmas características do modelo anterior, com exceção do fato em que, quando recebem uma crítica negativa, se desmontam e perdem toda a autoestima.

O EGO COMO INIMIGO INTERNO

Por trás do Narcisismo, temos o Ego Exacerbado, adversário interno, estudado desde a história antiga. Será ele o responsável por encontrarmos tantos líderes arrogantes, donos de si e imunes aos feedbacks da equipe e/ou da corporação? Ou pessoas que pelo único fato de sua condição social, intelectual ou apenas um cargo que exerce, se achem superiores que outras pessoas?

Segundo Dr Ryan Holiday, autor de vários Best Sellers, sim, o Ego é um inimigo!

Apesar de o ego ser responsável pela ambição e dessa forma conduzir as pessoas à resultados melhores, pode também ser um impedimento do sucesso, nos casos em que a pessoa acredite já não precisar mais evoluir e aprender.

Isso porque ser questionado é o melhor caminho para o progresso, o problema é que o ego bloqueia essa possibilidade, pois não deixa você ouvir a verdade.

Um outro problema do ego exacerbado, é que ele é também um inimigo da autorresponsabilidade. Por alimentar os pensamentos de superioridade e de arrogância, quem vive desse mal, não acredita ser responsável por falhas vivenciadas e sempre coloca a culpa em terceiros. Também não aceita avaliações e feedbacks.

Uma consequência é que muitas vezes, as pessoas deixam de agir, pois o Ego alimenta sonhos e ideias, mas identifica isso como suficiente, mesmo que não haja resultado. Isso traz uma característica de falar muito e fazer pouco.

Mas pode gerar algo exatamente o contrário, ou seja, pensar que pode fazer mais do que é capa de fazer e isso pode ser muito grave, se a pessoa for portadora do Narcisismo Vulnerável, pois ao não conseguir escutar a tarefa a pessoas irá se desmotivar.

COMO ELIMINAR O RUÍDO QUE O EGO FAZ?

Nossa intenção com esse texto é ajudar na autoavaliação de líderes e pessoas que apresentam as disfunções descritas acima, mas também ajudar outras pessoas a identificarem o mal em terceiros e por isso, gostaríamos de apresentar algumas ações a serem executadas por quem gostaria de mudar ou apresentaras ações para terceiros, o que será um grande desafio, por se tratar de pessoas Narcisistas ou Egocêntricas.

Portanto, vamos lá!

  1. Diminua a necessidade de aprovação social.
  2. Pare de falar e ouça mais, mesmo em conversas descontraídas.
  3. Entenda que existe outras pessoas no mundo.
  4. Pense grande e aja pequeno.
  5. Nunca pare de estudar, ninguém pode aprender algo que acha que sabe e o ego te engana, dizendo que já sabe tudo. Quando você acredita que precisa estudar isso também faz com que você tenha certeza que alguém sabe mais que você, dando uma reduzida no seu ego.
  6. Aceite que o fracasso é um amigo, pois te coloca muitas vezes no lugar certo, calando seu ego.
  7. Busque o seu propósito, que sempre tem que estar ligado a colaborar com outras pessoas e fuja da paixão, que só alimenta o seu ego.
  8. Treine com quem é melhor que você, pois isso te mostrará que você é vulnerável.
  9. Treine com quem é pior que você, para poder ensinar e compartilhar conhecimento.
  10. Treine com pessoas iguais a você, para que haja competitividade
  11. Faça sempre as coisas por você e não para os olhos dos outros. Fazer pensando nos outros é estar na corrida dos ratos.

Acredite, seus resultados dependem de todos ao seu redor, essa consciência irá te transformar em uma pessoas melhor.

Se acha que não conseguirá fazer isso sozinho, conte conosco, estamos aqui, prontos para te ajudar!



WeCreativez WhatsApp Support
Como podemos ajudar?
Olá